Governança Web

Em projetos digitais, o estabelecimento e a adoção de uma governança web favorecem a gestão e a produção de conteúdo. Esse serviço envolve a definição de competências, diretrizes e procedimentos voltados para sistematizar o gerenciamento de canais on-line, como sites, portais e intranets, de uma empresa ou organização. Seu objetivo deve ser possibilitar a melhor operação desses ambientes corporativos, de acordo com as particularidades do projeto e necessidades e estrutura interna da empresa.
Para tanto, a agência deve levar em consideração, primeiramente, os objetivos do cliente para seu projeto interativo. É possível adotar, por exemplo, uma governança descentralizada ou colaborativa. Nesse caso, o público interno de áreas distintas apoia na geração e na validação de conteúdos específicos para sites, portais e intranets da empresa. E a política proposta pela agência deve estabelecer normas para essa gestão descentralizada, assegurando a qualidade das informações do ambiente digital.
A governança web, portanto, é essencial para determinar competências e responsabilidades de editores e usuários, gerenciando os riscos de um projeto interativo. Além disso, favorece a detecção de aspectos importantes para a definição e ajustes de taxonomia de navegação em um canal web. Dessa maneira, contribui para um melhor entendimento dos conteúdos de um projeto digital por parte de seus públicos-alvo.


Benefícios

  • Estabelecimento de fluxos, diretrizes e normas de gestão e publicação de conteúdo em canais corporativos on-line
  • Orientação da estratégia de conteúdo do ambiente digital
  • Alcance dos objetivos da empresa para um projeto interativo
  • Aumento da interação e do engajamento dos públicos interno e externo com o ambiente digital
  • Incremento à credibilidade e ao sucesso do projeto interativo


Quando Aplicar

É recomendável que o serviço seja realizado em paralelo ao planejamento e desenvolvimento de um novo projeto interativo. Assim, ao implementar esse canal, a empresa contará com uma política estruturada para a governança do seu conteúdo web. No entanto, a atividade também pode ser executada uma vez que o site, portal ou intranet, por exemplo, esteja no ar. O importante é que o projeto interativo conte com uma política de governança estruturada, evitando assim os riscos de uma gestão de conteúdo inadequada. Nesse caso, a governança, além de refletir diretrizes importantes já adotadas, deve apontar procedimentos e competências a serem adotados pelos usuários de um canal digital corporativo.

Processo e Equipe

Etapas da atividade

  • Planejamento

    Essa é a etapa em que a agência estuda o projeto interativo, seu público-alvo e objetivos do cliente para esse ambiente digital. Nesse momento também deve ser feita uma imersão no negócio e estrutura interna da empresa. Para a realização desse estudo, a agência pode demandar a realização de entrevistas com stakeholders.

  • Execução

    Essa fase é destinada à geração dos insumos que orientarão a governança de conteúdo web. A agência produz documentos como a matriz de responsabilidades, os fluxogramas e a política de governança.

  • Apresentação ao cliente

    Nesse momento os materiais elaborados durante a etapa de execução são entregues à empresa.

Entregas Esperadas

Matriz de responsabilidades

Apresenta um mapeamento dos perfis que acessam conteúdos abertos e restritos e suas competências.

Fluxogramas de geração e publicação de conteúdo

Política de governança de conteúdo web

Reúne orientações sobre publicação e licença de uso de informações de um projeto interativo, entre outras diretrizes e procedimentos pertinentes ao canal.

Prazo

O prazo para a realização do serviço depende da complexidade do ambiente web da empresa, determinada pela quantidade de seções, por exemplo, e objetivos da empresa. Contudo, a definição dos procedimentos e diretrizes da governança de conteúdo, seja para um ambiente digital novo ou já existente, demanda cerca de dois meses.

Profissionais Envolvidos

Planner

Mapeia os objetivos da empresa, analisa o projeto interativo, elabora os materiais a serem entregues e realiza a interface entre a agência e o cliente.

Coordenador de conteúdo

Apoia o planner na realização das atividades.

Webwriter (redator)

Dependendo da complexidade do projeto, auxilia o coordenador e o planner na identificação de demandas e na execução das atividades.

Como selecionar

Critérios para seleção

  • Experiência dos profissionais selecionados para o serviço
  • Identificação de que os perfis envolvidos na atividade fazem parte do corpo técnico da empresa
  • Apresentação de cases de sucesso dentro do escopo pretendido
  • Entrega de exemplos de materiais criados em projetos anteriores

Variáveis de consumo

  • Complexidade do site, portal, intranet ou blog, determinada, por exemplo, pela quantidade de seções e demandas do cliente
  • Grau de aprofundamento da política de governança de conteúdo web
  • Necessidade de realização de entrevistas com stakeholders

Referências