Arquitetura da Informação

A atividade de arquitetura de informação define os sistemas de navegação, indexação, organização e rotulação de um ambiente digital, assegurando uma melhor experiência de interação.
Em projetos interativos, os usuários privilegiam o uso da navegação por categorias. Dessa maneira, o sucesso das ações de interação em um site, intranet ou extranet requer que a organização do conteúdo seja consistente, flexível e evolutiva e ainda reflita o modelo mental de seus usuários.


Benefícios

  • Melhoria na taxa de conversão do projeto (aquisição de produtos, cadastros etc)
  • Aumento da satisfação dos usuários
  • Incremento à base conceitual do projeto, assegurando consistência, flexibilidade, capacidade de evolução
  • Aumento da precisão nos atendimentos aos requerimentos de negócio


Quando Aplicar

Projetos de web corporativa

Intranets

Sites de e-commerce (comércio eletrônico)

Portais de conteúdo

Aplicativos transacionais e sociais

Softwares

Processo e Equipe

Etapas da atividade

  • Planejamento

    Nessa fase inicial são coletadas informações relevantes para o projeto, como objetivos e modelo de negócio do cliente, perfil do usuário, universo de dados e ambiente tecnológico.

  • Aplicação de metodologias de exploração

    Dependendo da complexidade do projeto, nessa etapa, podem ser aplicadas técnicas que avaliam a experiência do usuário - user experience (UX). O objetivo é identificar informações adicionais para o projeto, por meio de pesquisas on-line, card sorting e testes de usabilidade.

  • Realização de clustering por afinidade

    Essa etapa é destinada ao agrupamento de conteúdos segundo afinidades percebidas de acordo com o contexto do projeto.

  • Estudo de modelos de organização

    Nessa fase é realizada a análise dos esquemas de agrupamento mais adequados para atender aos objetivos de negócio do projeto e aos seus usuários.

  • Desenvolvimento de diagramas de organização, contexto e fluxo da informação

    Durante essa etapa, é definido o sistema de navegação.

  • Categorização estrita

    Nesse momento são organizados os conteúdos, de acordo com os diferentes esquemas de categorização selecionados, os quais devem refletir as boas práticas de arquitetura de informação e os requerimentos estabelecidos nos passos anteriores do processo.

  • Realização de filtragem e labeling

    Nessa etapa são estabelecidas as lógicas e regras do sistema de nomenclatura.

  • Produção dos wireframes

    Uma vez que o mapa de arquitetura tenha sido aprovado, são iniciados os estudos do sistema de navegação e da interface do projeto interativo, que devem ser materializados em páginas templates de wireframes de alta fidelidade. A partir deste documento, o conceito visual do ambiente digital será proposto.

  • Apresentação e revisão

    Durante essa fase, cliente e agência alinham acertos a serem feitos no projeto interativo.

Entregas Esperadas

Relatórios de exploração, caso sejam aplicadas metodologias de UX

Diagramas do mapa de arquitetura com organização, contexto e fluxo da informação

Documento de wireframes

Prazo

A duração desta atividade dependerá da complexidade do projeto. O prazo mínimo é de cinco dias, para casos mais simples. Já para a conclusão da arquitetura da informação de projetos de média ou alta complexidade, podem ser necessários, aproximadamente, 15 a 30 dias.

Profissionais Envolvidos

Diretor de criação

Participa do processo de validação da arquitetura, considerando o ponto de vista criativo.

Diretor de tecnologia

Também atua no processo de validação da arquitetura, porém, do ponto de vista técnico.

Analista de UX sênior

Coordena as metodologias de exploração, caso sejam previstas.

Arquiteto da informação

Define a organização da informação no projeto interativo.

Gerente de projeto

Direciona o desenvolvimento do projeto, interagindo com o cliente e a equipe na agência.

Como selecionar

Critérios para seleção

  • Experiência dos profissionais selecionados para a atividade
  • Identificação de que os perfis envolvidos no projeto fazem parte do corpo técnico da empresa
  • Entrega de atestados de capacitação técnica para a atividade prevista
  • Apresentação de modelo de mapa de arquitetura e wireframes
  • Apresentação de cases de sucesso dentro do escopo pretendido

Variáveis de consumo

  • Complexidade do conteúdo do projeto
  • Quantidade de conteúdo
  • Aspectos transacionais do projeto (processamento de dados)
  • Tecnologia empregada para o desenvolvimento do projeto

Referências

  • Livro: “Information Architecture for the World Wide Web”

    Peter Morville e Louis Rosenfeld

  • Livro: “Information Architecture: Blueprints for the Web”

    Christina Wodtke

  • Site: Information Architecture Institute